top of page

Parashat Tetsavê


Parashat Tetsavê – Ordena. Ex 27.30 - 30.10

Esta parashat continua com as orientações sobre o Mishkan, as vestes dos cohanim, os sacrifícios e orientações para os cohanim.

A parashat inicia com: “Ordena aos benei Israel que te tragam azeite puro de oliveira, batido, para o candelabro, para que haja lâmpada acesa continuamente”. A ordem é para que os filhos de Israel tragam azeite puro de oliveira, batido. O azeite é extraído das azeitonas prensadas, que são amassadas e batidas para que delas saia o óleo puro, nessa primeira prensa. Isso nos remete ao mundo espiritual. Nós passamos também por prensas, somos batidos pelas provações e lutas pelas quais passamos. E o que tem saído de nós? Reclamações, ira, gritaria, insatisfação e ressentimento ou um azeite puro, que exala o perfume do Mashiach? Não estamos imunes às aflições nesta vida, pelo contrário, elas vêm sobre nós destinadas a provar-nos para que sejamos aprovados. A questão é o que há em nosso coração, pois ao sermos espremidos, algo brotará de nós.

O azeite nas Escrituras muitas vezes representa o Ruach HaKodesh. E rav Shaul nos aconselha a nos enchermos dEle. (Ef 5.18) Quando nós estamos cheios deste azeite, podemos iluminar ao redor. Mesmo nas provações, estaremos sendo luz. A candeia ilumina a todos que se encontram na casa, e assim Yeshua nos orienta a brilhar, através das boas obras, para que o Pai seja glorificado. (Mt 5.15-16) A parábola das 10 moças também fala das lâmpadas acesas com azeite, e da necessidade de se ter azeite suficiente. (Mt 25.1-13) A vinda do Noivo é certa, e somente quem tem azeite para sua lâmpada estará apto a entrar nas Bodas do Cordeiro.

A parashat segue com as instruções para os cohanim, e encerra com o altar de incenso. Esse altar está diante da porta do Santo dos Santos, depois desse altar está o ambiente mais sagrado do Mishkan. Em Apocalipse o incenso é comparado às tefilot dos santos. (Ap 5.8, 8.3-4) Orações que são oferecidas diante do Trono. Podemos depreender que para chegarmos ao lugar sagrado será somente através da tefilah. Esse derramar-se em oração diante do Eterno, por meio de Yeshua, nos levará à Presença de HaShem.

Negligenciar uma vida de tefilah é perder a parte mais preciosa e sagrada: a conexão de nosso ruach com o Eterno. Será somente ali, no altar de incenso, que poderemos encher nossas lâmpadas adequadamente com azeite. Pois será na tefilah que o Ruach será derramado em nós.

Possamos adentrar o Mishkan celestial por meio do sangue de Yeshua, e no Santo lugar fazer subir o incenso precioso para então desfrutarmos da comunhão maravilhosa no Santo dos Santos.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page